Entretenimento

Roberto Carlos coloca jatinho e iate à venda por mais de R$ 100 milhões

Cantor tem um exemplar a mais de cada meio de transporte

Roberto Carlos passa por um momento de, digamos, desapego de seus meios de transporte. O cantor está pensando em vender seu iate italiano da marca Falcon de 115 pés e também seu jatinho mais antigo, um Gulfstream – que ele comprou há mais de 15 anos. 

“Ainda não apareceu nenhum comprador, mas, se amanhã aparecer um, ele vende”, revelou a VEJA uma fonte próxima ao cantor.

Roberto quase não usa o avião e o iate por uma razão prosaica: ele possui mais um exemplar de cada. No caso do iate, o que o cantor colocará à venda é seu modelo mais novo, que ele adquiriu em 2015 por 100 milhões de reais. A opção pelo mais velho tem fundo sentimental: Roberto quer continuar com o antigo porque se trata do mesmo barco em que levava a mãe, Dona Laura, e a mulher, Maria Rita (morta de câncer em 1999), para passear  durante suas férias. “Hoje, ele está viúvo e sem a mãe. Restam apenas as lembranças”, diz uma pessoa próxima do cantor.

No caso do jatinho, é o modelo mais antigo que está à venda. E aqui, a razão é estratégica e profissional. A aeronave mais velha não tem autonomia para atravessar o Oceano Atlântico. Para passear e fazer shows no exterior, ele tinha sempre de fazer paradas estratégicas em Recife para abastecer. Além de fazer a travessia oceânica sem necessidade de paradas, o jatinho mais novo de Roberto é capaz de acomodar um número maior de amigos e convidados.

Novidades

Aos 76 anos, o cantor fará em São Paulo, na quarta-feira 21, o pré-lançamento do projeto Emoções Cancún de 2020. E está agendada para o final do ano a exibição em 3D nas salas de cinemas do filme que registra o show feito por Roberto em Jerusalém em 2011 (o filme já está disponível em DVD).

 Fonte: VEJA

Ouvir de Novo

Phil Collins - All Of My Life (01.08.2019)

Tradução romântica com Jander Carvalho